Minha Magia



Minha Magia

Pego o violão
Toco uma canção
Melodia e poesia,
Uma fração de fantasia.
Adio meus sentimentos
Sinto meus momentos,
Um sorriso uma mania
 E amanhã é um novo dia.
 Acenda as luzis do farol
E da cidade...
Estou procurando uma nova saída.
Eu me sinto só
E todo dia uma nova paisagem...
nas paginas da minha vida.
Onde estar você?
Aquele sorriso lindo que eu vi um dia,
Um dia feito
Cheio de Alegria.
Me diz o que fazer
hoje eu sou o mágico
E você minha magia,
Que eu preciso pra viver.

Nicolas César.

Longe Daqui

Longe Daqui

Se eu chorei, mesmo te amando sei
Que vou me arrepender de tudo que eu fiz
Se eu me dei demais pra você
Mesmo Distante sei que posso conseguir
E se para o mundo isso for errado
Quem pode escolher o que é bom pra mim?
E já que não posso apagar o passado
Quero um recomeço bem longe daqui!
Bem longe daqui...
Estou no meio de uma estrada sem fim
Eu hoje sei que a vida é um jogo
E eu venci!
Meu corpo já não pede o teu corpo
To pronto para outra de novo
Longe Daqui (Não vou desistir)
Pois sei que na verdade só Deus sabe o meu fim
E sendo assim, eu levo na bagagem tudo que eu aprendi
Hoje sei que sem você eu sou feliz.

Jefferson Henrique/ Nicolas Cesar

Barquinho de Papel

Barquinho de Papel


eu queria ser apenas eu,
quando tudo valia a pena ser eu.
você queria se apenas você,
E quando tudo era você.
Eu não pensava em mais ninguém.
Nos falaram... que somos como unha e carne...
Mas mentiram quando tudo era verdade,
Você era minha estrela e eu sempre
Fui teu céu,
Só que no seu mar
Eu fui um simples barco... de papel.
Meu corpo tão distante do teu,
Aos poucos já se convenceu
Que a vida foi melhor assim.
Nossos, defeitos
Teus defeitos os meus,
Não se encaixam em nenhum poema,
Adeus
.
Jefferson Henrique/ Nicolas Cesar

Eu, Você E O Mundo Inteiro

Eu, você e o mundo Inteiro

É sempre assim... viagem
E recordações, poesia e canções
Que nos fazem existir.
É sempre assim... enxugo
Suas lagrimas que insistem em cair.
As vezes te levo, as vezes relevo
quando te quero tão perto de mim,
E como um conto te conto como,
Posso te fazer sorrir...
E entre encontros e encontros te faço feliz.
É Sempre assim...
Escrevo e te descrevo
Te dou um beijo te faço dormir.
É sempre assim...
Te canto uma música que nunca tem fim.

Nicolas César/Hortencia Barros
NicolaCesar / Hortencia Barros

Túnel

Túnel

A vida é cheia de mistérios,
Você pode não entender.
Ela é uma caixa de surpresa,
E quando você abre você pode até notar,
As vezes o que é bom pra ela você pode não gostar.
Eu roubei o brilho das estrelas, do sol e da lua.
De tudo que há de brilhar.
Só pra poder te resgatar no meio dessa escuridão
Escuridão do teu coração.
E apesar de tudo,
Ainda não encontrei o fim desse túnel de solidão.
Sei ainda não é o fim do mundo
Mas ta difícil de encontrar a saída
Uma luz pro seu coração bem que você podia me ajudar
Me dar uma mão.
Eu roubei o brilho das estrelas, do sol e da lua
Só pra poder te resgatar dessa noite negra
Obscura de solidão.

Você Me fez Feliz

Você Me Fez Feliz

Você escolheu pra mim
Os melhores filmes
As melhores frases que eu pude ouvir.
Você teve a ousadia de fazer do meu dia
O melhor dia que eu já vivi.
Você Sorriu dos meus olhos fechados
Dos meus lábios melados de batom.
Você me fez perceber que não seria a primeira pessoa
Mas com certeza eu não vou te esquecer.
Você me tirou dos meus sonos,
Das noites passadas que pude viver.
Você falou da minha roupa amassada
Que tanto escolhi pra sair com você...
Você apostou por apostar,
E não sabia que iria encontrar
Uma pessoa pra te amar só por te amar.
Você disse que o amor não existia
Eu disse que não custa nada procurar.
Você ficou comigo até o ultimo dia que eu pude viver,
Ao apertar minha mão, não estaria mais do seu lado
Mas sempre com você.

Desprezo

Desprezo

Porquê você me pede pra te viver,
Quando já não te sinto mais aqui?
Porquê você me faz sofrer Se tudo que fiz foi te fazer feliz?
Já não te sinto mais como um sentimento,
Mas, te vejo como mais um motivo pra chorar.
Não te vejo mais como um abrigo
Onde meu corpo possa descansar em paz.
Mas acredito que o tempo posso me ajudar,
Que como as águas do rio, tudo isso vai passar.
Que por mais que seja noite,
O dia sempre tem que raiar.
Se você não me amou
Pelo menos eu tenho que me amar.
E com isto aprendi a viver
E ver novo horizontes longe daqui.
E acreditar que meus sonhos possam
Ter um final feliz

Nicolas Cesar

Labirinto

Labirinto

Eu penso em te querer
Não tem explicações,
Falar de coisas do meu peito
Que só basta aceitar.
Se termina um grande amor
Outro pode começar é aproveitar as chances
Pra ser feliz tem que se arriscar...
E por pensar em alguns momentos,
Vejo seu olhar, como se fosse uma flecha...
Sua boca é feita de um sorriso...
Que mais parece um labirinto.
Rapidamente encontro o caminho...
Logo dou de cara com o seu coração.
Tentarei seguir o seu jogo...
Evoluir com você e nunca regredir.
Sair do sonho pra realidade, tentar
 trazer... você pra mim.

Álbum De Fotografia

Álbum de fotografia

Você apareceu como um flash de luz,
Como câmera fotografando,
Marcando um só sentimento
Provando.
Que cada momento é único...
E que não devemos deixar escapar,
Que cada segundo é um ano...
Quando se sabe amar.
Provando que álbum de fotografia
Só mostra momentos consumados de alegrias.
Que cada pagina foi um segundo...
De quando você sabia amar.
De quando você não era meu mundo...
Mas que você fazia parte dele
Isso não posso negar.

Gritos do Silêncio.


Gritos Do Silencio



Nos altos gritos do silencio
No certo momento eu pude escutar...
Ouvi o som dos pássaros e do vento
Senti a voz de Deus me chamar...
Me guiando até você
Me ensinando a te amar,
Eu não quero te perder
Onde você esta?
Onde esta o sol que me deixa caminhar?
Horas tardes pra dormir...
Sonhos sem fim...
Momento certo pra se acordar.